5 maio 2011
11

Divirta-se!

De uns tempos para cá, as estampas divertidas entraram em cena e caíram no gosto do povo. E não é para menos, elas vêm cheias de leveza, traduzindo o melhor da moda que é brincar e se divertir. Separei algumas que vi e AMEI!

– Saia de Corações e camisa de pimentinha da Dress to.

– As famosas corujinhas da Farm.

É claro que essas estampas  remetem ao mundo lúdico e, consequentemente, ao usá-las você passa uma imagem de pessoa divertida, descompromissada, criativa e brincalhona. Assim, é importante adequar o seu uso à ocasião. No ambiente de trabalho é válido, desde que seu trabalho envolva atividades criativas. Se for um trabalho formal, melhor deixar esse tipo de estampa para os momentos de lazer. #ficaadica

♥ É legal: Não usar por perceber que não tem nada a ver com o seu estilo.

♥ Não é legal: Deixar de usar por medo de ousar. A moda é para isso mesmo, menina! Se joga sem medo!

 

 

Comente
7 abr 2011
4

Moda Legal!

Todo mundo sabe que o mundo da moda é sempre polêmico: já foi criticado (com razão) pela presença de peles de animais em peças de desfiles, pelo consumo descontrolado, entre outros. Mas também é motivo de admiração por N fatores, entre eles, alguns movimentos a favor da sustentabilidade e da inclusão social.  Neste post, queria comentar sobre dois temas que fiquei sabendo essa semana. Um deles foi sugestão de uma leitora e amiga, a Karol (@elis_karol). Ela me contou sobre o Concurso Moda Inclusiva, cujo objetivo é “promover importante debate sobre moda diferenciada, além de incentivar o surgimento de novas soluções e propostas em relação ao vestuário para as pessoas com deficiência.”

Este concurso é realizado pela Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência. Segundo a descrição, a inclusão social visa garantir os direitos das pessoas deficientes de forma abrangente e isso também envolve o mundo da moda. É preciso que essas pessoas possam realizar suas escolhas de ir e vir, mas também de que roupa usar.

O evento é um incentivo aos jovens estilistas criarem soluções de moda para as pessoas com deficiência que podem e devem se vestir com conforto e muito estilo! Saiba mais sobre o concurso clicando aqui!

O segundo tema é sobre moda sustentável. Recebi um e-mail falando sobre a Mr. Fly Moda. A empresa comercializa produtos feitos com garrafa PET após um  processo de reciclagem.

É legal ver que algumas empresas já despertaram para o cuidado com o meio ambiente, mas muito ainda por ser feito.

E, apesar de já ser clichê, cada um de nós deve fazer a sua parte. Podemos ter atitudes para evitar o consumo desenfreado. Como exemplo, temos a Joanna Moura, que foi entrevistada aqui no Dona Onça e contou sobre sua experiência de passar um ano sem comprar roupas, vivendo apenas com as peças do seu armário. E quer saber? Ela está mandando muito bem!

Ah, mas aí eu não vou poder comprar mais nada? Não, não é isso… mas a gente pode tentar fazer compras conscientes ao invés de compras por impulso. Ver o que, realmente, a gente precisa ou não.

Podemos fazer um bazar entre as amigas para trocar peças… enfim, idéias não faltam, o que falta é praticar!

Então, mãos à obra! 🙂

E aí? Já conheciam esse concurso? E o que mais de legal vocês estão sabendo sobre atitudes sustentáveis no mundo da moda?

 

 

 

 

 

 

Comente
31 mar 2011
4

Menos é mais?

Leonardo da Vinci dizia “A simplicidade é a extrema sofisticação.”. Já Robert Browning entrava em cena com a sua famosa frase: “Menos é mais.” E no mundo da moda, onde se aproveita informações de tudo o que se pode imaginar, não poderiam ignorar essas lições tão importantes. Está aí o Minimalismo que não me deixa mentir.

O Minimalismo esteve em alta em vários momentos nas artes plásticas, design, na música e até na literatura, podem acreditar! Mas como o objetivo deste blog é falar de assuntos femininos, sendo um deles, a moda, vamos ficar nisso!

Na prática, o minimalismo na moda se apresenta em peças retas, limpas, com formas geométricas e com poucos detalhes. Além disso, usa-se pouca maquiagem, nada de volume no cabelo e poucos acessórios. Não, necessariamente, usando tudo assim. Você pode usar algumas peças com referência do minimalismo, por exemplo.

Nas Passarelas

Aqui, o Minimalismo aparece forte. Podemos observar várias formas geométricas nas peças, cabelo preso e sem volume e, na maquiagem, uma pele bem preparada, mas sem excessos de cores.

E se você acha que o minimalismo é sem graça, não é não, viu! Veja o que diz e mostra o Domínio da Moda:

sedução minimalista é a identidade fundamental para uma moda com forte ligação com os anos 70.”

Na Prática

Nas ruas, os vestidos longos, blazers de corte reto, bem de alfaiataria, evidenciam a tendência.

Esta foto da Cláudia Leitte para  Estilo deste mês está
linda, né? E na Revista tinha uma matéria sobre
o Minimalismo, que eu gostei e que me inspirou a fazer o post! 😉

 

Já no inverno, podemos aproveitar outra tendência forte, que são as peças em couro, para o movimento minimalista.

E então? Vocês são adeptas ao minimalismo?

Eu considero-o como um movimento que traz muita elegância e refino. Até uso blazers e vestidos de corte reto e poucos acessórios de vez em quando, mas misturo com outras tendências. Mas moda é isso, né? A gente aplica às tendências de acordo com o nosso estilo.

Beijos!

Comente
Pages: 1 2 ... 23 24 25 26 27 28 29 30

DONA ONÇA é um blog pessoal, que fala de assuntos diversos como moda, comportamento, cutura, etc.

Todas as imagens que aparecem no site são de autoria própria, ou reproduções de outros sites e DONA ONÇA não reivindica nenhum crédito para si, a não ser que especificado. Se você (ou sua empresa) possui os direitos de alguma imagem e não quer que ela apareça no DONA ONÇA favor entre em contato e ela será prontamente removida.