1 ago 2014
0

Livro Man Repeller | O que achei

Sou do tipo de pessoa que fica triste quando termina de ler um livro que gostou. E é justamente isso que, muitas vezes, me faz reler uma obra por duas ou três vezes. Provavelmente é o que vai acontecer com o Man Repeller, escrito pela Leandra Medine.

Para quem não sabe, a Leandra é uma blogueira americana, que tem um blog com o mesmo nome do livro. Nele, ela publica fotos de looks que teoricamente “repelem” os homens, pois costumam ter volumes estranhos, cortes diferentes e tudo mais incomum que você possa imaginar.

Ao observar mais de perto, percebemos que, na verdade, ela não repele ninguém. Pelo contrário, é uma das 30 pessoas mais influentes com menos de 30 anos, segundo a revista Forbes, e seu blog está entre os 25 melhores do mundo!

Quando comecei a ler o seu livro, já fiquei encantada logo nas primeiras páginas e louca para curtir cada uma. Ele traz textos cheios de humor e com os quais muitas mulheres vão se identificar. Afinal, quem não decora as roupas que usa em momentos especiais? E quem nunca passou por uma “saia justa” por causa de alguma peça? Eu mesma tenho milhões de histórias para contar a respeito disso. Mas vamos ao livro!

Man Repeller é uma coletânea de casos que Leandra viveu durante os seus 23 anos, quando se casou. Nele, ela conta o seu amor pelos tops e pelas botas gigantes usadas pelas Spice Girls na infância, sua tensão porque demorou a dar o seu primeiro beijo, o desentendimento que teve com o irmão que a criticou porque estava acima do peso e muito mais! Todas as histórias sempre estão associadas à alguma peça e sem nenhum pudor na hora de contar.

man repeller livro

O legal é que, mesmo enfrentando críticas e alguns contratempos por conta das roupas que escolhia para vestir, Leandra sempre se manteve fiel ao seu gosto. E foi o seu bom humor para lidar com situações embaraçosas que fez com que ela criasse um blog.

Sem saber porque não conseguia emplacar um relacionamento legal, uma amiga deu a entender que poderia ser por causa do seu estilo. Daí, logo ela teve a ideia de criar o Man Repeller.

livro man repeller

leandra medine

Curtiu? Veja as informações gerais sobre o livro:

– Preço: R$ 29,90

– Sinopse: “Em seu primeiro livro, a badalada blogueira e queridinha do mundo fashion conta suas divertidas memórias. Com jeito insolente, uma franqueza desconcertante e fotos de seu arquivo pessoal, Leandra compartilha detalhes da noite em que perdeu a virgindade, quando esqueceu de tirar as meias soquetes brancas, e descreve o momento em que percebeu que a clutch Hermès vintage da sua avó, feita de pele de avestruz, poderia guardar muito mais do que a chave e o celular.

Leandra é a prova de que não precisamos trair nosso estilo repelente nem mesmo ao procurar o vestido de noiva (que pode ser muito bem ser combinado com uma jaquetinha perfecto de organza).
Exibindo as opiniões originalíssimas de uma blogueira que ganhou milhões de fãs, este livro reúne experiências divertidas e meio bizarras, uma história amor superdoce e, acima de tudo, um lembrete para celebrarmos um mundo que é feito pelas mulheres e para as mulheres.”

Comente
27 jun 2014
0

O que estou lendo | Roube como um artista

Na última quarta vi a indicação do livro Roube Como Um Artista lá no  Indiretas do Bem. A descrição feita pela Ariane, uma das donas do blog, foi escrita de uma maneira tão interessante que acabei comprando a obra no mesmo dia. E também devorei metade dela nesse curto período.

roube como um artista

Em sua resenha, ela falava que esse livro, escrito por Austin Kleon, trazia dicas de como a gente pode ser mais criativa e de como devemos trabalhar isso em nosso dia a dia. Com elas seria possível também sentir aquela vontade de correr atrás dos nossos sonhos e de fazer o que a gente ama pra valer.

Ainda não acabei de ler o meu exemplar, apesar de faltar bem pouco, mas já pude extrair algumas sugestões valiosas! Uma delas se refere às atividades que a gente sempre gostou de fazer, mas que deixamos de lado por falta de tempo ou por termos as substituído por outras coisas (nem sempre mais interessantes).

Me lembro que, quando era criança e no início da adolescência adorava desenhar! Passava horas e horas criando novos rabiscos, desenhando pessoas famosas e até conhecidos próximos. Era um dos meus passatempos preferidos. Com a correria do dia a dia, acabei deixando isso pra lá e nem me lembrava há quanto tempo não pegava em um lápis e em um caderno para arriscar uns desenhos.

roube como um artista

Depois que comecei a ler Roube Como Um Artista, a primeira coisa que fiz foi passar em uma papelaria para comprar esses dois itens. E, olha, que saudade que estava disso, sem nem perceber.

E, esse é apenas um dos exercícios que podem estimular a nossa criatividade. Outra coisa que o autor fala é que, devemos ficar atentos a tudo à nossa volta e estar em constante troca de conhecimentos com pessoas de diversas áreas.

roube como um artista

Ele também fala que é importante trabalhar fora do computador de vez em quando, pois ele funciona mais como pesquisa e para fechar um trabalho. Precisamos sair um pouco, dar uma volta e ver referências fora da tela. Isso ajuda o nosso cérebro a trabalhar melhor. Tanto é verdade que você deve se lembrar da quantidade de ideias que temos quando vamos dormir, acordar ou tomar banho. Afinal de contas, são momentos em que a nossa mente está livre e ociosa, pronta pra ter insights.

Por essas e outras dicas que, antes de terminar de ler, já consegui aplicar na minha vida, recomendo bastante a leitura. =)

Comente

DONA ONÇA é um blog pessoal, que fala de assuntos diversos como moda, comportamento, cutura, etc.

Todas as imagens que aparecem no site são de autoria própria, ou reproduções de outros sites e DONA ONÇA não reivindica nenhum crédito para si, a não ser que especificado. Se você (ou sua empresa) possui os direitos de alguma imagem e não quer que ela apareça no DONA ONÇA favor entre em contato e ela será prontamente removida.