18 maio 2015
1

Troco “eu te amo” por “tô com saudade. Abre a porta”

Eu nunca fui daquele tipo de pessoa que faz questão de ganhar flores, uma caixa de bombons de coração ou joias. É claro que, quando ganhei, achei legal e tal. Todo mundo gosta de presente. Ainda mais quando é de quem a gente gosta. Mas sabe aquela ligação de manhã, só pra dizer que teve um sonho contigo? Ou aquela mensagem dizendo que bateu saudades e que diz assim: “abre a porta. Tô te esperando aqui fora”? Quando isso aí acontece, parece que o cupido atravessou a flecha de um lado para o outro do meu corpo. Eu falo para mim mesma: “já era”.

troco-eu-te-amo.2

E quando você sabe que a pessoa se esforçou pra te ver? Enfrentou chuva, cansaço pela faculdade ou o trânsito, mas mesmo assim, ela chega, só para estar com você. Cara, que sorte ter alguém assim na vida! E logo, na minha vida!

Outra coisa que conquista é a boa memória. É quando ele(a) lembra que você gosta daquela bandinha alternativa e baixa para tocar no dia em que saírem juntos. Ou quando te leva para comer alguma coisa e evita aquele restaurante que serve frutos do mar porque sabe que você não gosta.

troco-eu-te-amo.3

E até o “eu te amo” perde crédito diante de um “pensei em você o dia todo”, acompanhado daquele olhar que parece que quer se perder no seu.

Tudo isso porque o que conquista mesmo não são frases prontas e presentes clichês, mas sim, os atos do dia a dia. É muito melhor se sentir amada(o) que ouvir que alguém te ama. Perceber que você é única(o) para ele(a). Que é em você que ele(a) se lembra quando tem uma novidade para contar. E que tem aquele detalhe seu, só seu, que o(a) conquistou. Pode ser a covinha que aparece quando sorri, o jeito como mexe nos cabelos quando está nervosa(o) ou até aquela sua mania de cantar meio desafinada(o) debaixo do chuveiro. Não importa. Você é especial para ele(a). Saiba reconhecer isso nos pequenos gestos. E agradeça. Não tem coisa melhor do que saber que alguém te ama. Principalmente, se for recíproco.

Já dizia o sábio Zé Ramalho: “Quem tem amor na vida, tem sorte.”

Deixe o seu comentário!

1 Comentário

  1. Evelyn disse:

    Com esse texto percebi que a muito tempo não sei o que é receber esses “carinhos”. No meu último relacionamento, no qual fiquei 4 anos, ouvia apenas um “Eu te amo”, mas nunca um “pensei em você o dia todo”.

    Se sentir desejada e amada é a sensação mais gostosa que existe na vida.

    É…estou com saudades disso!! ; )

DONA ONÇA é um blog pessoal, que fala de assuntos diversos como moda, comportamento, cutura, etc.

Todas as imagens que aparecem no site são de autoria própria, ou reproduções de outros sites e DONA ONÇA não reivindica nenhum crédito para si, a não ser que especificado. Se você (ou sua empresa) possui os direitos de alguma imagem e não quer que ela apareça no DONA ONÇA favor entre em contato e ela será prontamente removida.